Publicações do blog

Acesse abaixo nossos artigos.

comprar cytotec

Remédio Abortivo

A legalização do aborto

A legalização do aborto hoje na maior parte dos países desenvolvidos não é criminalizado, apenas na maior parte dos países pobres. Também dá pra comparar com o nível de religiosidade de cada país, ou seja, quanto mais religioso mais proibido o aborto é.

E não a comentarista de Facebook diga que isso é só uma coincidência, a verdade é que independente de qual seja sua opinião pessoal sobre o assunto. Numa coisa todos podemos concordar, não existe um consenso definitivo sobre quando a vida começa.

A sociedade não quer saber se você pode ou não pode ter filhos, se você tem ou não tem condições de ter filho.

O aborto legal é desde que a mulher se enquadra em determinada situação, situação de violência sexual.

Situação que coloque em risco a vida da mãe ou no caso dos anencefálicos é permitido ao aborto legal.

Mas mesmo nos casos em que a lei permite a legalização do aborto, todo o sistema de justiça e de saúde dificulta o acesso da mulher ao serviço de abortamento legal.

Estupro para que a população saiba, é a relação sem o consentimento da mulher.

Na prática a gente vê muita negação do procedimento para mulheres que eles desconfiam, que talvez estejam ali por um outro motivo que não seja o motivo do estudo.

Se aborto matassem filha do deputado e governadores a lei mudava, porque quem morre são as pessoas do outro Brasil, mulheres das favelas, filha da empregada doméstica, são as negras.

Continuar uma gestação indesejada e depois entregar o bebê para adoção, na teoria pode até parecer uma saída justa, mas na prática não é bem assim. No brasil mais de 48 mil crianças moram em abrigos, e só em 1700 são adotadas por ano.

legalização aborto
comprar misoprostol

Legalização do Aborto Seguro

Quando um paciente decide fazer um aborto com Misoprostol, os profissionais de saúde deveriam se comprometer e aconselhar para evitar problemas de saúde.
 
No Brasil e em muitos países do mundo, ainda não há interrupção da gravidez usando o medicamento Misoprostol Original ou outro método legal.
 

A cada dois dias uma mulher morre no brasil em decorrência de aborto, na maioria das vezes realizado em clínicas clandestinas.

O aborto em circunstâncias específicas como: estupro, risco de morte da parturiente e anencefalia fetal é direito previsto em lei. É obrigação do estado prestar esse atendimento.

Mesmo assim a falta de informação, a imposição de determinados segmentos religiosos, e muitos profissionais da área médica transforma a delicada questão em tabu.

Os serviços de saúde pública tem o dever de realizar a legalização do aborto, nos casos previstos em lei.

Mas na prática isso não acontece,  em muitos casos mulheres relataram dificuldade de atendimento em hospitais públicos.

Por exigência de documentos que não são obrigatórios segundo a lei, e até mesmo que foram desaconselhados por profissionais de saúde em nome de uma moral religiosa.

O médico ginecologista Cristian Fernando Rosas, coordenador da rede médica pelo direito de decidir no brasil, explica o que prevê a lei sobre o aborto.

O código penal brasileiro é de 1940

Portanto vai fazer 80 anos, permite a interrupção da gravidez em duas situações.

Se não há outro meio de salvar a vida dessa mulher por uma morbidade, uma doença grave. Ou se a gestação é decorrente do estupro.

A situação do aborto no nosso país é muito estigmatizante, é crime, é pecado, sangra e mata.

E toda essa conotação negativa em relação ao comportamento, coloca esse procedimento quase que marginal mesmo nos casos legais.

Enquanto o problema de falta de atendimento a essas mulheres aumenta, crescem também os casos de violência sexual. Só no estado de São Paulo no mês de maio, os registros de estupro foram os maiores para o mês em sete anos.

Além disso um projeto de lei prevê que inclusive nos casos já previstos em lei como estupro, a mulher deve ser submetido a atendimento religioso, e a exibição de imagens de fetos mortos para desencoraja-la.

Agindo dessa forma o estado prolonga o sofrimento da vítima, a gravidez decorrente de estupro para muitas mulheres é uma sequência da violência que ela sofreu.

Ela vai conviver com aquela violência, é um trauma muito grande porque é uma concretização no corpo dela dessa violência que ela sofreu. Então é muito importante para as mulheres terem acesso a esse direito de comprar misoprostol online.

Entre em contato conosco pelo whatsapp

receba em sua residência pelo correio

cropped BANNER REMEDIO ABORTIVO min